Seguidores

Publicações Recentes

domingo, 8 de maio de 2011

"Conservar algo de teu para lembrar-me de ti seria o mesmo que admitir que eu poderia esquecer-te" (William Shakespeare/Tradução-Versão Lustato Tenterrara)


Requiem para Alana Linda Criança Encontrada Hoje, Entre os Corpos que Se Foram, Entre os Corpos que Ficaram, na Tragédia Anunciada da Barragem Algodões, Cocal, Piauí
Orações15/06/0933
Orações Selecionadas - by Seleção Lustato Tenterrara Seleções - Altar do Anjinho Isabella - - LTPMLcrg
Orações11/05/08178
Uma Oração por Minha Mãe
Orações10/05/08958
Uma Oração para Isabella (Luciana & Rebecca Spicacci Norton) Comentários de Lustato Tenterrara
Orações07/05/08173
Altar Virtual do Anjinho ISABELLA de OLIVEIRA (Lustato Tenterrara) - Registro de Velas Acendidas e Mensagens recebidas de 05.04 a 20.04.2008Orações06/04/08993

Domingo, 8 de maio de 2011 (Dia das Mães)


William Shakespeare e a falta de ética (e idiotice) de quem lhe furta um poema e se dá por sua autoria



William Shakespeare e a falta de ética (e idiotice) 

de quem lhe furta um poema e se dá por seu autor.

Antero Vaz de Andrade
"Conservar algo de teu, 
para lembrar-me de ti
seria o mesmo que admitir
que eu poderia te esquecer!"
(William Shakespeare, tradutor/corretor Lustato Tenterrara)
Respeite os Direitos do Tradutor/Escritor

Há muito observo a cara de pau de algumas pessoas que acham que a internet é um território sem lei. Furtam poemas e o escrevem em seus blogs sem indicar a autoria. Pior é quando o furtador mistura, pobres versos seus, com a magia de William Shakespeare.

O que não fazem, por aí, com nossos versos, se copiam textos universais que somente a ignóbil característa seria a total ausência de ética, de Direito, de Respeito, e de ser provido com o mínimo de bom senso e de cultura e a mais elementar inteligência.


Creio que tal proceder é crime, mesmo que a publicação já esteja em domínio público. Pois isso não quer dizer que alguém faça uma publicação furtando a genialidade do divino autor deixando de atribuir a autoria e arvorando-se em ser o autor da obra de arte.

Uma poetisa, assim que entrei na web, em 2007, eu descobri, utilizando todo o esqueleto de um de meus poemas de nome Desejo.

Assim que o li, sem o crédito de minha autoria, passei um email para o site e para a dita cuja. O caso é que existem versos a que não se poderia dar crédito a outro. Ainda mais quando vários são os versos que se repete. A lei considera que qualquer verso, sem a indicação de autoria, já é plágio criminoso. Não o será, porém, se for uma frase corriqueira: "Bom dia, Sol", por exemplo.

Descartada a hipótese de coincidência, e a repetição de vários versos entremeados, somente resta a considerar-se  o consciente coletivo ou a farsa, a falsidade ideológica e o crime de abuso no direito autoral. Também há que se respeitar os Direitos do Tradutor, similares que são aos direitos do Autor.

Mas fiquemos por aqui. Mas garanto. Se este meu texto que ora lês, prezado leitor e leitora amiga, não ficaria no "mais-mais". Pois, aproveitando a deixa de um caso especial da Rede Globo, não recordo o nome, e que teatralizando a situação do Eu-Lírico, o ator dizia: " - Isso! Vamos fazer bem ao estilo de Shakespeare, onde todos morrem no final, inclusive os iluminadores e as três primeiras fileiras da platéia!" Não recordo o texto tal e qual, mas é o tópico frasal, e por isso está, acima, entre aspas.

Pois assim é! Faria igualzinho a Shakespeare e deixaria que todos os ursupadores de poemas ou de textos inteiros sentassem nas três primeiras filas de cadeiras de um teatro onde se estivesse encenando a dita fictícia peça teatral acima, sob o prisma de Shakespeare.
by Antero Vaz de Andrade


Tenho Dito





http://www.lustatotenterrara.com/usuarios/19983/fotos/264996.gif
Uma História de Orações.
As orações possuem algum efeito?
Têm os homens a capacidade de emanar energias?
by Lustato Tenterrara, Hagar H. e Antero Vaz de Andrade


" -- Um anjo esteve à noite, na auto-estrada BR 101!"



Há muito, os homens têm-se perguntado (se não aos outros; a si mesmo) se as orações, as preces e os desejos de felicidade e de boa-saúde possuem algum efeito real sobre as pessoas.

Eu, no entanto, vôs digo: Acaso um ateu poderá usufruir dessas bênçãos, se elas, de fato, obram energias positivas?

De fato, amigo, as orações transportam poder. Mas não são as orações, nem as preces em si mesmas que possuem poder.

Na verdade somos nós, energias pura. Não utilizado o adjetivo "pura", no sentido de "pureza", mas no sentido de "totalidade".

Há dois mil anos um Profeta passou entre nós e ensinou que todos somos irmãos, todos somos filho de Deus e, por consequência, todos somos Deuses. E o seu mandamento maior era de uma simplicidade maior ainda: "Amai-vos uns aos outros"

Esse Profeta, Jesus de Nazareh, veio ao mundo com essa missão, a de ensinar aos homens que todos poderiam usufruir do Reino dos Céus, pois todos os homens eram iguais; todos os homens são iguais e todos os homens serão iguais.

De fato, amigo, antes de Jesus, vários profetas vieram e se foram; Depois Dele, também, vários outros vieram; e também se foram.

Jesus, porém, sobrepujou a todos, e transformou-se em um Mártir, por força da crueldade a que foi submetido e de sua crucificação.

Nem Maomé, nem Buda, nem Moisés, nem qualquer outro homem de bem sofrera o martírio que Jesus e seus seguidores sofreram.

Pedro, que Jesus o nomeou (significa "pedra"), ao ser aprisionado foi informado que seria morto por crucificação. Ao orar, disse que iria morrer da mesma forma que Jesus. A barbárie era tamanha que, por causa dessa pequena prece, o crucificaram de cabeça para baixo.

Amigo. Eu vôs digo: Todos os homens possuem energia. Energia elétrica. E isso é fato comprovado científicamente.

Essa pequena disgressão, comparando Jesus e o seu sofrimento e o de seus seguidores, foi um modo de demonstrar que a nossa energia é maior quanto maior for o sofrimento ou a dádiva concedida.

Na verdade podemos assegurar que as preces, os pensamentos bons, as orações são portões de energia do Orador, que se pretende, atinja por sobre a pessoa orada.

E isso nada tem a ver com ser ateu ou cristão, ou protestante, ou budista, ou maometano. Esse poder emana porque a mente funciona com eletricidade. Quando o pensamento simultâneo de várias pessoas, ora em preces pelo bem de alguém, a oração terá valor e obtido êxito, na medida exata daqueles que oraram, em acreditar em suas orações e preces.

Alguns dizem que os oradores têm que ter plena confiança no poder que dele emana, sob forma de energia, e produza o bem perante aquela pessoa. E nisto também comungamos.

Outros dizem que, para a pessoa a quem são dirigidas essas orações e preces, não precisa acreditar, nem saber que estão sendo a ela dirigidas preces e orações, pois a oração em sí é por si suficiente para o atingimento da prece, da oração. Também com essa doutrina comungamos. Apartamo-nos somente para dizer que, estando a pessoa a quem aquela prece está sendo encaminhada, também consciente da prece e tendo também a fé, os benefícios são potencializados, posto que todas as mentes possuem energia elétrica.

Então, estaríamos dizendo o quê?

"-- Ah! Homens de pouca fé!"

Estamos dizendo, amigo, que todos somos Deuses, que todos somos energia elétrica, que todos têm razão em sua fé, em suas crenças, em suas tradições.

Por esses dias alguns cientistas estão estudando, em um túnel circular que tem a circunferência de 30 (trinta) quilômetros, por sob os territórios de alguns países europeus, diversas experiências que pretendem recriar o momento do nascimento do universo. Não apenas isso. Alguns tentam comprovar, também, a existência de universos paralelos. Não apenas um, mas vários universos multi-paralelos, milhões, bilhões, e que em um ou outro as próprias leis da física sejam distorcidas das que aqui são válidas. A ocupação de um mesmo espaço, por dois ou mais objetos, podem co-existir nesses outros universos multi-dimensionais.

Alguns manifestantes ativistas fizeram e fazem protestos contra tais esperiências, posto que, numa delas, pretende-se recriar o mais desconhecido dos corpos estelares: a estrela negra chamado "buracos negros", que possuem atividade gravitacional tão imensas que sugam a própria luz, impedindo que a luz siga sua trajetória linear.

Se você chegou a ler até aqui, é por que este assunto está em seus pensamentos e espera que a dado momento eu vôs faça alguma revelação divina, colocando-me, então, na seara dos profetas. Se for isso o seu pensamento, clique em outro link e abandone esta web-página.

Na verdade, eu vôs digo, acreditai na bondade dos homens. Acreditai também na maldade dos homens. Há um ditado de que certo escritor teve a inspiração de escrever, cujo ditame diz que somente existem atos de maldade, por que os homens bons fazem de conta que não estão vendo os abusos e as barbáries sociais. De fato é isso mesmo o que ocorre. Se os homens bons resolvessem agir, as maldades, barbáries, corrupções, não teriam lugar.


Bom. Agora, se eu ainda não houver respondido às indagações que fazem parte do título desta publicação, direi então mais veladamente:

Sim! As Orações, as preces são transmissões de energias de algumas pessoas que focalizam seu poder de energia em determinado pensamento que pode ou não atingir o seu objetivo, porém elas existem e têm poder.

Bom, respondido as indagações iniciais, dá-te por bem pago nesta leitura, que adiante, numa outra disgressão adentrarei.

Bom! Existe um dogma (dogma é uma verdade comprovada e inabalável), um dogma científico que por todos os cientistas é seguido como a mais pura verdade. É a de que objeto algum pode superar a velocidade da luz, e que, se essa velocidade fosse alcançada, o objeto transformaría-se em luz.

Ocorre que existe um telescópio em órbita deste nosso azul planetinha paraíso. E que, dissipado a ocorrência de atmosfera terrestre, mostrou ao homem as distâncias mais extraordinárias.

E havendo sido notado um pequeno espaço onde nenhuma luz se via, o Hubble foi direcionado a devastar oticamente esse pequeno espaço. E a cada vez que suas lentes eram reposicionadas, foram sendo descobertos milhares de constelações inteiras que encontravam-se às distâncias cósmicas, e que de tão longe, poderiam estar fotografando o início do universo, o Big-Bang.

Aliás, há vários estudos científicos que atestam estarmos vendo o início do universo, posto que as distâncias em anos-luz calculada chega à enorme cifra que nos levaria direto ao nascimento do Cosmo.

Fiquei ensimesmado. Somente a existência de universos paralelos poderiam confirmar estarmos vendo um big-bang. E não seria o nosso universo, pois se fosse o nosso universo, o que explicaria o nosso universo estar a tão grande distância do big-bang, se nada pode ser mais rápido do que a velocidade da luz?

Assim de um dogma científico passamos a um paradoxo (paradoxo: duas verdades, dois dogmas, que se enfrentam): Como a Via-Láctea e nossas demais constelações estamos tão distantes daquele Big-Bang que estaria sendo observado?

Somente algumas possibilidades podem ser apontadas: O big-bang que está sendo observado é de um universo paralelo; Nossas constelações estariam viajando no Cosmo, a velocidade superior à velocidade da luz, o que explicaria estarmos tão distantes do ponto inicial do universo.

Assim, transformamos esse novo paradoxo, por uma teoria que os une: Um paradoxo entre dois dogmas antes contrários entre si, e ao imaginarmos que essas duas hipóteses são verdadeiras, o paradoxo desaparece e transforma-se num novo dogma. E que um paradoxo, justifica o outro!

Ou seja: Nossas constelações, de nosso universo conhecido, estão viajando à velocidades superiores à velocidade da luz (assim como se  nosso universo fóssemos um ônibus, em relação aos outros objetos, pedestres, postes, etc). Para os passageiros do ônibus, todos estão parados em relação uns aos outros.)

Divaguei? Mas é mais ou menos por aí: entre o períneo e o umbigo.

Lustato Tenterrara, Hagar H., e Antero Vaz de Andrade.





Ah! Adiante tem uma "corrente" que recebi, e que motivou-me hoje, a enrendar por este assunto científico-místico-religioso.

Que cada qual entenda o que melhor a si convém.

Não é o caso de desgostar de "correntes", pois acredito nas forças elétricas de nossas mentes, e na superioridade dos homens de bem.

E as correntes que enviam ao purgatório aqueles que a ela não dêem importância é uma celeuma, porque está enviando energias negativas, ao inves de energias positivas.

Esta que recebi, é uma corrente do bem. Não chega a momento algum em indicar fatalidades se não fosse reenviada. Por esse motivo adiante reproduzirei. Ah! Só abri o email por que ele não tinha "anexos" e por vir de uma prima, que reside a trinta metros de mim.

Por oportuno, vou indicar e informar que não abro e-mails que contenham anexos; Não leio correntes, nem as distribuo. Aliás, minha caixa postal tem 65 mil emails não abertos. E a caixa prioritária, iniciada a uma semada já possui 2.061 emais ainda não lidos.

É por que eu não abro emails. O assunto já é suficiente. E se não for, mais um motivo para não abri-lo.

Assim, leio os títulos dos emails. Todos. Nestes três anos e meio de internet aprendi que os e-mails podem ser entendidos apenas pelo seu título. Não adianta dizer que está enviando uma foto; que está com saudade "daquele" dia; que está convidando-me para ver um álbum de fotos, ou uma foto especial; pois não irei abrir o email por nada nesse mundo de meu Deus.

Decerto que se o assunto interessa e houver informações suficientes, eu abro o link noutra aba, sem utilizar o e-mail, mas apenas a barra de endereço de url. Isso ainda, somente se estiver utilizando o Firefox e com o Add-On NoScript instalado. Esse NoScript você pode entrar em qualquer site. Mesmo de bandidos e da máfia, que os programas Java Scripts enviados não são executados, ficam todos travados e o No Script te indaga, site a site, quais você permite que faça a execução de um programa em sua CPU.

É só não autorizar. E você pode andar por aí em tudo que é site malicioso. Aconselho ainda instalar o McAfee Site Advisor (comprado mês passado pelo Google), o qual analisa os sites antes de você utilizá-lo.

Em nossas redes e sites tem um banner do Site McAfee AdVisor (free).

E nessa página
http://bit.ly/downloadsimprescindiveis
(grátis, free, legalizados)

Você verá como realizar alguns downloads para instalar em seu computador.

Depois vou colocar nesse link, o banner do Site McAfee AdVisor para melhor facilidade.

Ôpa! Agora foi uma grande disgressão, né?

Lustato Tenterrara




Adiante, então, as orações, do bem, que me foram passadas a título de "corrente" e que só o reproduzi aqui por que eu não envio correntes e por que considerei que é uma corrente do bem, pois apenas fala de energias positivas, sem rogar pragas aos desertores.

Tenha em mente que as energias positivas, oriundas de orações e preces podem sim, atingir as pessoas a elas endereçadas. Do mesmo modo, as negativas. E que eu não usarei este parágrafo para terminá-lo indignamente. Acredite nas forças positivas, mentalize, faça preces, orações, pensamentos bons. A energia existe e somos nós.

by Lustato Tenterrara





Tay o indigitado, ou indigitada corrente:













" -- Um anjo esteve à noite, na auto-estrada BR 101!"

Uma mulher que conduzia um automóvel com os filhos dela, foi protagonista de um grande acidente, entre vários automóveis.
A senhora assustada dentro do carro, começou a gritar:
"-- Oh! Senhor Meu Deus! Por favor, salva meus meninos!"
O olhar dela, cheio de medo, focalizou no acento traseiro onde estavam os filhos, porém tudo o que viu foi vidros quebrados e duas cadeiras de crianças destruídas.
Não se via seus gêmeos por lado algum; Ela não os escutava chorar, e temeu que tivessem sido lançados para fora do veículo.
"-- Oh! Meu Deus! Não os deixe morrer!"
Com a chegada dos bombeiros e da polícia, procuraram em todos os locais ao limite do acidente, e não encontraram as crianças.
Os cintos de segurança estavam intactos.
Eles pensaram que a mulher estava louca e que estava sozinha no carro, porém, quando vieram para interrogar, descobriram que ela havia desaparecido.
Policiais a viram passar correndo, sem rumo, e gritando mais forte que o ruído, suplicando desesperadamente:

"-- Por favor! Ajudem a encontrar meus filhos! Eles só têm quatro anos de idade e estão vestidos iguais, com camisas azuis e jeans."
Um policial a ouviu e disse:
" -- Senhora! Eles estão em meu carro; e estão ilesos!. Eles disseram que o pai deles os colocou ali; e deu a cada um, três pirulitos. E disse para que eles esperassem, que sua mãe iria logo voltar e levá-los para casa.
Já procurei por todos os lados mas não pude encontrar o pai. Provavelmente deixou a área, suponho, e isso é muito raro."
A mãe abraçou os gêmeos e disse, enquanto enxugava as lágrimas:
"-- Ele não pode ter estado aqui, pois ele morreu há um ano!"
O policial, mostrando-se confuso, perguntou:
"-- Como pode ser isto verdade?"
Os meninos exclamaram:
"-- Mamãe! Papai veio e nos pediu que lhe desse um beijo por ele. Disse que não devemos nos preocupar e que você estaria bem, e logo nos colocou neste carro com as luzes brilhantes e bonitas. Queríamos que ele ficasse conosco porque sentimos muita saudade, porém ele só nos abraçou muito forte e disse que teria que ir.
Disse que algum dia entenderíamos e nos pediu que nos comportássemos bem, e que te disséssemos que ele sempre está cuidando de nós."
A mãe duvidou se o que eles diziam era verdade, porém recordou-se das ultimas palavras de seu esposo:
" -- Eu cuidarei de vocês!"
O relatório dos bombeiros não podia explicar como os três ocupantes se salvaram, sem nenhuma cicatriz, em face do carro haver ficado totalmente destruído.
Porém no relatório da polícia estava escrito em letras muito pequenas:
" -- Um anjo esteve à noite, na auto-estrada BR 101!"




A oração é de 10 segundos, só repita essa frase e veja como Deus atua:



"Senhor!
Te quero e te necessito!
Vem ao meu coração,
e abençoe minha família;

minha casa;
meus amigos

e a mim.

Amem!"



Passe esta mensagem a muitas pessoas














Talvez você também goste de algum desses:


TítuloCategoriaDataLeituras
Requiem para Alana Linda Criança Encontrada Hoje, Entre os Corpos que Se Foram, Entre os Corpos que Ficaram, na Tragédia Anunciada da Barragem Algodões, Cocal, Piauí
Orações15/06/0933
Orações Selecionadas - by Seleção Lustato Tenterrara Seleções - Altar do Anjinho Isabella - - LTPMLcrg
Orações11/05/08178
Uma Oração por Minha Mãe
Orações10/05/08958
Uma Oração para Isabella (Luciana & Rebecca Spicacci Norton) Comentários de Lustato Tenterrara
Orações07/05/08173
Altar Virtual do Anjinho ISABELLA de OLIVEIRA (Lustato Tenterrara) - Registro de Velas Acendidas e Mensagens recebidas de 05.04 a 20.04.2008Orações06/04/08993






Lustato Tenterrara

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Publicado em 29/11/2010 às 23h30

Tela de Claude Monet



sábado, 7 de maio de 2011

Fragmento: William Shakespeare e a falta de ética (e idiotice) de quem lhe furta um poema e se dá por sua autoria

William Shakespeare e a falta de ética (e idiotice) 
de quem lhe furta um poema e se dá por seu autor.
Antero Vaz de Andrade

"Conservar algo para lembrar-me de ti
seria o mesmo que admitir
que eu poderia esquecer-te"
(William Shakespeare)

Há muito observo a cara de pau de algumas pessoas que acham que a internet é um território sem lei. Furtam poemas e o escrevem em seus blogs sem indicar a autoria. Pior é quando o furtador mistura, pobres versos seus, com a magia de William Shakespeare.


O que não fazem, por aí, com nossos versos, se copiam textos universais que somente a ignóbil característa seria a total ausência de ética, de Direito, de Respeito, e de ser provido com o mínimo de bom senso e de cultura e a mais elementar inteligência.



Creio que tal proceder é crime, mesmo que a publicação já esteja em domínio público. Pois isso não quer dizer que alguém faça uma publicação furtando a genialidade do divino autor deixando de atribuir a autoria e arvorando-se em ser o autor da obra de arte.


Uma poetisa, assim que entrei na web, em 2007, eu descobri, utilizando todo o esqueleto de um de meus poemas de nome Desejo.


Assim que o li, sem o crédito de minha autoria, passei um email para o site e para a dita cuja. O caso é que existem versos a que não se poderia dar crédito a outro. Ainda mais quando vários são os versos que se repete. A lei considera que qualquer verso, sem a indicação de autoria, já é plágio criminoso. Não o será, porém, se for uma frase corriqueira: "Bom dia, Sol", por exemplo.


Descartada a hipótese de coincidência, e a repetição de váriuos versos entremeados, somente resta a considerar-se  o consciente coletivo ou a farsa, a falsidasde ideológica e o crime de abuso no direito autoral.


Fiquemos por aqui. Mas garanto. Se este meu texto que ora lês, prezado leitor e leitora amiga, não ficaria no "mais-mais". Pois, aproveitando a deixa de um caso especial da Rede Globo, não recordo o nome, e que teatralizando a situação do Eu-Lírico, o ator dizia: " - Isso! Vamos fazer bem ao estilo de Shakespeare, onde todos morrem no final, inclusive os iluminadores e as três primeirtas fileiras da platéia." Não recordo o texto tal e qual, mas é o tópico frasal, e por isso está, acima, entre aspas.


Pois assim é! Faria igualzinho a Shakespeare e deixaria que todos os ursupadores de poemas ou de textos inteiros sentassem nas três primeiras filas de cadeiras de um teatro onde se estivesse encenando uma peça de Shakespeare.
by Antero Vaz de Andrade


Tenho Dito
http://brasilpoesias.ning.com/profiles/blogs/aviso-importantissimo-aos